24 ideias que vão fazer sua saúde mental te agradecer por você existir (Via Buzzfeed Brasil)

Hoje é dia 9 de janeiro, o ano ainda está no começo e é uma época onde as pessoas costumam fazer suas famosas resoluções de ano novo. Eu rabisquei algumas na minha agenda, coisas como viajar mais, me estressar menos, focar nas coisas que eu gosto e ter mais comprometimento com projetos novos.

Todo sábado de manhã eu checo a caixa de entrada do meu e-mail. Sempre acho algo interessante que muda o rumo do meu dia. Hoje foi desse e-mail maravilhoso do Buzzfeed que eu resolvi compartilhar aqui no blog para que você e eu sempre nos lembremos quando estivermos passeando por aqui. Confere só:

24 ideias que vão fazer sua saúde mental te agradecer por você existir

Esse ano vai ser legal.

1.   Use algum mantra ou frase positiva nas suas senhas eletrônicas.

o melhor jeito de começar qualquer coisa! 😁✨

A photo posted by Coisas Boas Acontecem (@coisasboasacontecem) on

Que tal colocar uma frase que te incentiva entre todos os requisitos necessários para uma senha nova? Um “tenha um dia bom” entre o embaralhado de números e letras de sempre? Parece bobo, mas vai te dar mais leveza no dia a dia.

2. Arrume sua cama todos os dias.

Uma forma de sentir que você fez algo de útil instantaneamente.

3. Se desafie a fazer algo diferente.

Não estamos falando de nada que vá te causar um puta estresse, mas aquele medinho antes de fazer alguma coisa nova é muito legal. Pode ser sempre pedir pratos diferentes em um restaurante ou quem sabe se aventurar naquele esporte que você acha que jamais seria capaz.

4. Lembre de uma coisa boa que aconteceu no seu dia.

https://www.instagram.com/p/7N4PbOHdDS/

O ônibus estava vazio. Caiu o vale-refeição. Você conseguiu encontrar seus amigos. Sério, não importa se foi um ato pequeno ou algo que mudou sua vida, o importante é lembrar que coisas legais acontecem.

5. Crie listas com tudo o que você precisa fazer.

 
Você tira o fardo de precisar lembrar de tudo e sente prazer cada vez que risca um dos itens da lista. Sobrou alguma coisa para amanhã? Tudo bem, a lista estará lá, pode descansar tranquilo que amanhã você resolve.

6. Presenteie-se com aquele agradinho que faça você se sentir bem.

Separe um orçamento para isso e pense em coisas que possam ser bastante aproveitadas, seja uma vela com um cheiro divino, lençóis macios com centenas de fios, um tênis confortável para caminhadas… Você merece.

7. Tente reclamar menos e parar de falar mal de coisas e pessoas.

É muito fácil entrar na espiral das bad vibes, mas olhar pelo lado bom das coisas vai te fazer se sentir muito mais leve.

8. Procure um hobbie que vai deixar seus dias mais legais.

Summertime colors #clubedobordado

A photo posted by Renata Dania (@renatadania) on

A única condição é encontrar um passatempo que te dê vontade real de fazer. Nada que vá ser um fardo no seu precioso tempo livre!

9. Passe mais tempo fora das redes sociais do que nelas.

Acontece alguma coisa. Surgem textões no Facebook. Pessoas reclamam dos textões. Pessoas reclamam de quem reclama. E mesmo que você tente passar batido, ainda existe um mar de notificações e a sensação constante de “o que será que está rolando?” causa ansiedade. E lá se foi um dia inteiro nas redes sociais.

10. Desabafe com pessoas que te fazem bem.

Você meio que passa o dia conversando com todo mundo na internet, mas não é a mesma coisa se você quase nunca fala sobre o que está acontecendo na sua vida ou o que está sentindo.

11. Não tenha medo de dizer “não”.

Sem desculpinhas, sem dar voltas e mais voltas no motivo, sem se forçar a fazer alguma coisa só porque esperam isso de você. Diga um simples e sincero “não”.

12. Encontre mais os seus amigos.

Às vezes passamos tanto tempo trocando piadinhas no WhatsApp que esquecemos a última vez que sentamos para bater papo com as pessoas legais da nossa vida.

13. Crie uma rotina de sono para dormir melhor.

Dormir e acordar sempre nos mesmo horários ajuda a regular seu relógio biológico e a ter uma melhor noite de sono.

14. Pare de se comparar com os outros.

crash

A photo posted by Verena Smit (@verenasmit) on

Você é incrível e está fazendo o melhor que pode, não é? E lembre-se que as pessoas não postam as roubadas da vida no Instagram.

15. Marque um compromisso com a sua diversão.

Momentos de prazer são tão importantes quanto suas responsabilidades. Não desmarque com você mesmo.

16. Entenda que um certo cansaço físico pode fazer bem para a sua mente.

Não precisar ir para a academia se você simplesmente odeia malhar, mas dar trabalho para o seu corpo é uma das formas de relaxar a cabeça. Que tal dar uma dançadinha?

17. Tente remoer menos o que acontece no seu dia a dia.

Nem tudo tem tanta importância assim. Pare e se pergunte: isso realmente é uma catástrofe?

18. Curta passar um tempo com você mesmo.

É difícil captar a atenção dos jovens pra leitura esses dias.

A photo posted by Jout Jout (@joutjout) on

Sabe quem vai querer muito fazer o seu programa favorito exatamente na hora que você puder? Você! Para refletir ou para não pensar em nada, aproveite um tempinho especial com a pessoa mais próxima de você na sua vida – você mesmo.

19. Cerque-se de coisas que te deixam inspirado.

Quadrinhos na parede, fotos no celular, um feed com blogs bacanas, livros, filmes, exposições… Procure coisas que te façam se sentir mais interessado.

20. Não se force a se sentir feliz o tempo todo.

Posso ficar, né pai? Esfiô… ❄ #meliorpai #pioridades

A photo posted by Café & Django (@cafeprejuizo) on

Seja sincero com o que você está sentindo, assim você consegue encarar melhor os problemas e procurar saídas.

21. Respire fundo.

Inspire. Expire. Repita com calma e faça mais vezes, não só em dias ruins.

22. Anote coisas legais que aconteceram no seu dia a dia.

Leve a outro nível fazendo um diário ou um pote de recordações.

23. Valorize suas conquistas, não importa o tamanho delas.

Não é errado ficar feliz ou orgulhoso de você, muito menos celebrar pequenas vitórias.

24. Pense mais na sua saúde mental.

minha menina pronta ✨

A photo posted by bel andrade lima (@belandradelima) on

Não coloque as questões de saúde mental abaixo das questões de saúde física. As duas coisas são importantes e merecem tratamentos iguais.

Bacana, não é? Você pode ler o artigo original nesse link. Mal terminei de ler e já estava colocando em prática. Para me forçar a seguir passos assim, criei um quadro no Trello para deixar tudo mais visual. Clique aqui e você vai ter um modelo para se inspirar.

Bom começo de 2016. 🙂

Blogueiro, criador do Cronistas de Quarto, amante de chuva, música, cinema e passar horas no quarto rabiscando aventuras.

Se você gostou desse texto, deixe aqui seu comentário. :)

comentários