O que você precisa saber antes de assistir 13 Reasons Why.

Tá todo mundo falando dessa série. Na roda de amigos, na Internet… em toda parte. A série, original da Netflix, levantou novamente o debate sobre a depressão e o suicídio entre adolescentes.

Embora eu tenha curtida taaanto assim a série, tenho que admitir que ela alerta sobre alguns pontos importantes. Não é uma série divertida ou de romance para entretenimento. A série é como um grande aviso em teledramaturgia.

Do começo ao fim, a série aborda todos os motivos que levam um adolescente a se decepcionar. As coisas começam tudo bem, tudo está caminhando. É apenas mais um dia na vida de Hannah Baker. Mas, a medida que as coisas vão se desenrolando, vamos entendendo como todo o processo de bullying e outras coisas podem fazer um jovem pensar em tirar a própria vida. Isso faz com que 13 Reasons Why não seja uma série com um final feliz.

Embora todo o cenário e as subtramas apresentadas na série mostrem diferentes assuntos, tudo gira em torno da grande tragédia que dá o início a todo o enredo. A série fala do suicídio da Hannah, e os 13 motivos que fizeram ela tirar a própria vida. Eu chorei horrores na cena em que ela se suicida, porque as cenas são realmente bem fortes e tocantes.

Atualmente, o bullying é o principal motivo que leva vários jovens a se suicidar em todo o mundo. Na série, o vazamento de fotos, textos íntimos e fofocas entre os estudantes fazem com que o problema da Hannah piore. Então, basicamente, durante vários episódios podemos acompanhar todo o processo dessas situações (o que, na minha opinião, deixou a série um pouco longa e cansativa).

Embora a personagem da Hannah possa parecer um tanto passiva diante de tudo isso, eu acredito que um dos principais objetivos da série seja mostrar que, na vida real, muitos jovens acabam não sendo fortes o suficiente para reagir a esses problemas.

Então, se você ainda não assistiu, saiba que 13 Reasons Why tem muito mais um caráter de alerta com o objetivo de apresentar esse universo jovem e tudo que permeia os problemas emocionais que um adolescente pode enfrentar. Não é uma sériezinha gostosa para entretenimento.

Além disso, alguns pontos me deixaram um pouco chateados. Muitas pontas soltas e casos mal resolvidos ou abordados. Caso tenha uma segunda temporada, vamos torcer para que tudo seja esclarecido.

Blogueiro, criador do Cronistas de Quarto, amante de chuva, música, cinema e passar horas no quarto rabiscando aventuras.

Se você gostou desse texto, deixe aqui seu comentário. :)

comentários