5 motivos para sorrir (não importando o momento).

Foto: Allef Vinicius

Muita gente me considera uma pessoa feliz, alegre e alto-astral. Eu, pelo menos, tento manter esse entusiasmo. Como já contei em outro post, eu tive depressão. E, pra mim, a depressão decorrida da perda nunca pode ser curada. Aprendi a conviver com ela.

A melhor forma que encontrei de enfrentar a tristeza foi sorrindo pra ela. Não um longo e entusiasmado sorriso. Mas um sorriso tímido, de reconhecimento, quando estou sozinho, no trabalho ou na janela do ônibus. Um sorriso que diz “Olá, Tristeza. Você já é de casa, não vai mais me incomodar tanto. ”

É, eu sei que quando você está triste é difícil ver além do horizonte. Mas, vai por mim, se esforçar para ver que além deste momento de dor, muitas outras coisas estão se aproximando. Muitos dias estão por vir e com eles motivos para sorrir e ficar feliz. Por isso, quando estiver triste, lembre-se que a história ainda não acabou. É apenas mais um capítulo.

Existe um filme com este nome. Sabe, você sempre poderá tirar proveito de qualquer situação, até mesmo das tristes. Você vai aprender algo, eu tenho certeza. Nada é em vão e sem motivo. Então, sorria para mais esse aprendizado. Depois de ler este post, recomendo você assistir Um Dia Esta Dor Será Útil (2012), disponível na Netflix.

Sorria pelas pessoas que merecem e que gostariam de ver você feliz. Sorria por tudo que deseja o seu bem. Sorria pelas pessoas que amam você. Elas não gostariam de te ver triste.

Quando coisas ruins acontecem, ou quando nos sentimos que somos menos do que deveríamos ser, esquecemos das coisas maravilhosas que passamos. Você vai mesmo jogar tudo fora e colocar um bilhete de “Foi tudo em vão. “

Você não é apenas uma pessoa. Você é seus sentimentos, suas histórias, seus pensamentos. Você é o mundo que você construiu, os sonhos que sonhou, você é as palavras que disse e os lugares por onde passou. Por mais ruim que algo esteja, pare para olhar a quantidade de coisas que você é, a extensão da sua identidade. E você vai sorrir  ao perceber que é um universo infinito que sofria por algo que, sim faz parte de você, mas é apenas mais um traço de tudo que você é.

Blogueiro, criador do Cronistas de Quarto, amante de chuva, música, cinema e passar horas no quarto rabiscando aventuras.

Se você gostou desse texto, deixe aqui seu comentário. :)

comentários