A barganha do amor.

O que você tem a me oferecer? No primeiro momento, eu não entendi exatamente qual o objetivo que essa pergunta tinha. Eu havia acabado de conhece-lo e perguntando o que ele buscava conhecendo novas pessoas. Os relacionamentos estão cada vez mais raros e aqueles que ainda conseguem brotar nos corações inférteis das pessoas modernas, obviamente, […]

Resiliência e a importância de se adaptar

Situações desgastantes, discussões diárias e desequilíbrio emocional podem ser o primeiro passo para exaustão física e emocional. Os sintomas disso muitos conhecem bem, insônia, dores de cabeça e no corpo, irritabilidade, ansiedade e tristeza sem motivo aparente. Esse tipo de situação ocorre principalmente em quem não tem uma aptidão incomum, a resiliência. Ao pé da […]

Um post para ser feliz

Um dia desses eu recebi um convite no meu Facebook de uma pessoa que havia acabado de conhecer. Por isso, quero te convidar para conversarmos um pouco sobre o redes sociais e o conceito de felicidade. Cadê as fotos? Se você visitar as minhas redes sociais, como Facebook e Instagram, vai notar que eu realmente não costumo publicar […]

Manual da Vida Parte #2

Espere somente de uma única pessoa. Você mesmo. Tenho certeza de que você já ouviu coisas do tipo “seja feliz com você mesmo”, “você não precisa de ninguém” e etc. E tudo isso é verdade. Lair Gonçalves Blogueiro, criador do Cronistas de Quarto, amante de chuva, música, cinema e passar horas no quarto rabiscando aventuras. […]

Crônicas de Quarto #1

Eram quase seis da tarde quando eu estava saindo do trabalho. Um fim de tarde chuvoso com o sol timidamente dando tchau por trás das nuvens que jogavam uma garoa fina sobre a região. Lair Gonçalves Blogueiro, criador do Cronistas de Quarto, amante de chuva, música, cinema e passar horas no quarto rabiscando aventuras. http://www.cronistasdequarto.com.br

As Cores do Passado

Qual é a cor das suas melhores lembranças? Eu gosto de pensar nas cores e como elas marcam algumas fases da minha vida. É como se cada fase tivesse seu próprio filtro. Minha adolescência teve várias cores. Acho um pouco estranho falar sobre isso, até meio “fora da casinha”, e não espero que alguém compartilhe desse meu […]