Manifesto

Eu costumo criar aventuras e histórias em cada detalhe e situação da vida. Uma jornada repleta de momentos assim que são inspiração para essas crônicas silenciosas que são escritas todos os dias em ensinamentos da vida.

O que seu quarto significa para você? Pra mim, ele é o meu mundo! Um universo particular, onde misturamos a realidade com os nossos sonhos, medos e esperanças. Esse é um lugar para quem quer ser tudo que pode se tornar e para quem busca a terra do nunca, quem sabe.

É nessa jornada pela vida que vamos encontrar os mais variados tipos seres. Personagens caricatos, as melhores pessoas, e algumas tão cruéis que nem acreditávamos ser possível existirem.

Os cronistas estão por aí. Escrevendo histórias a todo instante, sejam nossas ou de outras pessoas. Mas no final, tudo se soma em um grande livro cheio de subtramas, onde cada um construiu a sua. E o que você aprendeu com isso?

E essa angústia de querer ser tudo que pode se tornar, de querer ser tudo que nos inspira é a nossa motivação.

Porque as histórias não param! Vão continuar sendo escritas enquanto o mundo girar. E no final, o que você deixou escrito no livro do universo?

Eu sou um cronista de quarto.

Pelo menos eu, em minha ingenuidade de querer ser algo maior que era ontem,
deixo pedaços do meu passado gravados no tempo, que no final, são um mosaico de sentimentos e cicatrizes nessa batalha contra um mundo cada vez mais preto e branco.